O que acontece com os dados nas mãos de cibercriminonos?

Quando você pensa em ataques criminosos, qual imagem lhe vem à mente? Se você ainda duvida do que pode acontecer se seus dados (ou de sua empresa) caírem em mãos erradas, neste artigo, separamos algumas das consequências. Confira!

Se você acha que os ataques criminosos envolve apenas grandes empresas sendo devastadas pelos cibercrime, você não está errado, porém, está deixando de olhar para algo muito importante: a abrangência dos ataques.

Grupos de criminosos virtuais sabem tirar proveito de grandes corporações, porém, nem sempre os alvos são os grandes players de mercado. Essas empresas são muito bem preparadas e possuem processos de segurança bastante rígidos, algo que não acontece na maioria das pequenas e médias empresas, muito menos com “pessoas comuns”.

Nem todo cibercriminoso pretende desafiar uma empresa gigante. Isso dá trabalho, envolve riscos maiores, há mais chances de insucesso e também, essas empresas estão mais preparadas quanto a segurança. Alguns criminosos seguem a filosofia do velho ditado de que diz que “de grão em grão, a galinha enche o papo”, ou seja, eles focam em ataques mais simples, mas efetivos.  

Veja abaixo algumas das consequências. 

Ataques contra pessoas

Utilizando e-mails maliciosos, táticas de phishing (link) e sites enganosos, os criminosos conseguem abocanhar dados preciosos de uma pessoa, como endereço, CPF, renda e dados bancários.
De posse do número do cartão de crédito e do CPF, os hackers podem criar grandes dívidas para uma pessoa ao fazer compras na internet ou movimentar quantias na internet banking. Em alguns casos, essas ocorrências podem ser resolvidas junto ao banco, porém, isso não é garantido, uma vez que a maioria dos bancos é bem metódico no momento de ressarcir um cliente por compras não comprovadas ou movimentações. 

Se os criminosos possuírem a senha do cartão, dificilmente o cliente conseguirá comprovar ao banco que a transação não foi autorizada, o que pode se transformar em um enorme prejuízo.  

Além da questão financeira, não podemos nos esquecer do impacto “social”. O roubo de senhas e logins de e-mails, redes sociais e sistemas de armazenamento de arquivos (como Google Drive, OneDrive e iCloud) podem ser devastadores para a imagem de uma pessoa.
Há alguns anos, milhares de fotos íntimas de celebridades foram expostas após um ataque ao servidor da Apple, na mesma época, milhares de clientes da Sony-Playstations tiveram seus dados de cartão expostos. Esses dois exemplos demonstram bem como a apropriação indevida de dados pessoais podem gerar imensos estragos. 

Vale ressaltar que nem sempre os dados obtidos serão utilizados para crimes virtuais. De posse de informações como endereço, nome de filhos/parentes, os criminosos podem aplicar golpes de falso sequestro e praticar extorsões.  

Ataques contra PMEs 

De acordo com a Verizon, 58% dos ataques virtuais focados no universo corporativo focam as pequenas e médias empresas. Com muito menos alarde e segurança, as PMEs são uma espécie de “porto seguro” dos cibercriminosos.
Além de serem os alvos preferidos, os ataques às PMEs costumam ser devastadores para os negócios. Cerca de 60% dessas empresas fecham as portas em até seis meses após o ataque. Os custos de reparação podem ser muito elevados e interromper os planos empresariais de maneira definitiva.

Junto com os impactos econômicos, estão os impactos de marca. Uma empresa de pequeno ou médio porte já luta em um cenário competitivo, se a marca sofre com ataques, isso impacta sua capacidade de atrair clientes e de conquistar a confiança deles. 

Sem dúvidas, um ataque de cibercriminosos pode ser devastador para o seu negócio ou para sua vida pessoal. Proteger-se é importante, por isso, nunca deixe de refletir sobre a forma como você protege os seus dados pessoais e a infraestrutura de comunicação da sua empresa! 

Saiba o que fazer para aprimorar a segurança dos seus dados.  

Aproveite para ler

Cibersegurança

Cibersegurança: Uma Questão a Ser Tratada

Cibersegurança

Manipulação do comportamento do usuário: redação ENEM 2018

Cibersegurança

Criptografia De Rede: Uma Questão de Segurança e De Uma VPN

Cibersegurança

Criptomoedas: por que são tão utilizadas pelo cibercrime?

Cibersegurança

Cuidados Que Deve Ter ao Acessar Rede de Internet Pública

Cibersegurança

A eficiência e estratégia por trás do Spear Phishing

Cibersegurança

O que acontece com os dados nas mãos de cibercriminonos?

Cibersegurança

Cuidados que você deve ter ao usar uma VPN gratuita

Separamos estes assuntos para você

Monitoramento

Phishing: como prevenir e conscientizar os colaboradores

Cibersegurança

Engenharia Social: saiba como evitar golpes

Entrevistas

Entrevista: Rodrigo Amaral | S.O. do Grupo São Francisco

Monitoramento

Insider threat - boas práticas contra ameaças internas

Acessar os Materiais Ricos

Carreira: Segurança da Informação

Monitoramento

Ataque Ransomware: panorama da questão que assombra empresas

Cibersegurança

Cibersegurança: Uma Questão a Ser Tratada

Entrevistas

Entrevista: Pollyana Crivello | Bild

Deixe seu comentário